Tagged: fps

NGCast 08 ID Software

John Carmack, John Romero, Tom Hall, e o artista Adrian Carmack depois de algumas frustrações, fundam a Ideas from the Deep, mais conhecida por ID Software, a texana mais famosa do mundo quando o assunto é jogos de FPS.

Com a ilustre visita de Thiago Palmeira, vamos discutir os bastidores da mãe dos jogos de primeira pessoa.

EQUIPE:

LINKS:

CONTATO:

Download do episódio 8 – ID Software

brutaldoomcover

Brutal DOOM é um mod que foi criado em 2010 por Sergeant_Mark_IV. Ele funciona com Doom, Doom Final, e Doom 2. Ele foi premiado pela  primeira vez em 2011 como o Mod de melhor Jogabilidade e um prêmio pela criatividade MOTY por Mod DB em 2012.
Embora considerado um mod gore (Leia-se ULTRA SANGRENTO), vai mais longe e altera a jogabilidade alterando muitos outros aspectos, como os sons, gráficos e de combate.
Um desses recursos é a maior dificuldade, tornando o comportamento dos inimigos mais imprevisível e perigoso (muitos ataques fazem o dobro de danos no jogador) e alterando os seus ataques e adiciona ao jogador novas habilidades.

Talvez a característica mais evidente e atraente de Doom Brutal é a adição de recursos como adicional de sangue (o sangue fica espalhado nas paredes e tetos, alémd dos próprios inimigos), a capacidade de explodir partes do corpo com armas fortes, como a espingarda, e da adição de efeitos especiais sobre projéteis e pick ups.

É compatível com ZDoom, GZDoom, Skulltag e Zandronum.

O que melhorou?

Aumento dramático da atmosfera deixando o jogo muito mais sombrio.
Manchas de sangue 3D permitem que todas as texturas possam ser cobertas de sangue, incluindo o piso e teto.
Uma interface mais dinâmica. Por exemplo, respingos de sangue na tela se o jogador mata.

Quando o jogador está gravemente ferido (30% de saúde ou inferior), a tela fica manchada com respingos de sangue minúsculas, e um som de gotejamento permite um ar mais realista de sua vida quase no fim.Doombrutal

Novas animações de morte para todos os inimigos. Partes do corpo podem ser destruídas por tiro normal  em vários locais do corpo do inimigo, cortado ao meio com a motosserra, derretida com a pistola de plasma, queimado em queimadura por fogo ou o inimigo virar fumaça quando atingidos pela eletricidade, e feitos em pedaços por explosivos, claro!
Cadáveres podem ser ainda mais mutilados após a morte.

Muitos inimigos possuem ataques novos.

Muitas das armas do jogo foram alteradas ou ajustadas de várias formas, tais como, tornando-se necessário recarregar ou pela adição de funções secundárias.

O berserk foi ampliado. Com ele, o jogador pode executar um  fatality ao melhor estilo Mortal Kombat bem como agarrar barris explosivos e jogá-los nos adversários.

Agora você pode dar um  headshot em todos os monstros, ou quase todos!
Não dá pra descrever tudo aqui porque as mudanças são absurdas. Então, o melhor é você jogar esse mod nostálgico e matar a saudade…

Acessem e confiram por vocês mesmos!  http://www.moddb.com/mods/brutal-doom

 

 

Fanáticos do sangue, bem vindos à mais uma esmerada sessão de carnificina e violência: Doom II. Enquanto a primeira versão fez sua aparição nos consoles da Sega, depois chegando aos consoles SNES e até em versão pirata no Nintendinho, o PC é premiado com essa segunda versão.

Como desgraça pouca é bobagem, mais uma vez você tem de se virar de todo o jeito para conseguir escapar das  profundezas do inferno.

É a hora de pagar todos os seus pecados não confessados até hoje!!!

Novas armas foram adicionadas para ajudá-lo a se safar dessa missão religiosa.

Obviamente, encontrar as melhores armas não é uma tarefa nada fácil. Em cada fase há inúmeras passagens e corredores a serem explorados, só que nem todos são visíveis. Não espere moleza. Nesse hora, o radar é o seu melhor, e talvez o único, amigo. Olho vivo é o lema.

A cada  momento surgem grotescas criaturas que por algum motivo desconhecido não vão muito com a sua cara e não querem exatamente acariciá-lo.

Para resolver esse problema, você só tem uma saída: mandar chumbo grosso em todo esse mau
olhado. Os gráficos mantém a perspectiva em primeira pessoa no estilo Wolfenstein 3-D: o resultado, comprove você mesmo, é nota dez.

Tem alguma lembrança de quanto pesado é esse jogo para os padrões da época?

Afinal, não é todo o dia em que você vê uma caveira em chamas vindo em sua direção! Ou vários demoniozinhos correndo atrás de você e fazendo uns barulhos bem sinistros!!!

Segue aqui uma sequência bem ‘perturbada” do jogo….