Tagged: arcade


O jogo que praticamente foi o principal popularizador do Beat’em up medieval foi este aqui! Golden AXE!!! Sabia que apesar de ser um jogo original ele até deu uma ‘copiadinha’ de leve em alguns sons de filmes?

O jogo tem lugar na terra fictícia de Yuria, um mundo com cara de  “Conan o Bárbaro” ao maior estilo medieval. Uma força do  mal conhecida como Death Adder capturou o rei e sua filha, e os mantém em cativeiro em seu castelo.

Ele também acha o Golden Axe, o emblema mágico de Yuria, e ameaça destruir tanto o machado e a família real, a menos que o povo de Yuria aceitá-lo como seu governante. Nessa confusão toda, três guerreiros partirm em uma missão para resgatar Yuria e vingar as suas perdas nas mãos de Death Adder. O primeiro é um Anão empunhando um machado, seu nome é Gilius Thunderhead, das minas de Wolud, cujo irmão gêmeo foi morto pelos soldados do Death Adder. O outro guerreiro é , Ax Battler, armado com uma espada brutal que deve ser empunhada com as duas mãos e segue  em busca de vingança pelo assassinato de sua mãe. O último guerreiro é a amazona Flare Tyris, cujos pais foram mortos por Death Adder.

E seguem nossos guerreiros enfrentando inimigos gigantes, esqueletos com espada e escudo e presenciando atrocidades cometidas pelos vilões como torturas e afins. Será o fim de Yuria?

Claro que não! porque ao seu alcance estão uns duende carregando uns vazinhos contendo magia a ser lançada contra seus inimigos!!!

 

 

O jogo foi um dos maiores sucessos de público que já presenciei, ao menos nos fliperamas.

Onde o arcade estava, havia fila para jogar! E o único problema era que o game era fácil de se chegar ao final, o que não era muito demorado, mas levava um certo tempo até a pessoa terminar.

 

Muita gente não sabe, mas muitos sons do jogo foram tirados de alguns filmes da época.

Destaco aqui por exemplo alguns sons marcantes e que foram tirados do primeiro Rambo, que foi sucesso no Brasil.

Não só de “Rambo”, mas muitos sons também foram aproveitados de “Conan, O bárbaro” (óbvio!) , e “O lobisomem americano em Londres” entre outros que não me recordo no momento…

 

 

Você, amante de jogos de ação e que já passou dos 30 anos, deve ter reparado que faz tempo, tempo mesmo,  não é lançado um jogo de nave decente.

Quando me refiro a jogos de nave, falo dos grandes clássicos de arcade e console. Isso vai desde navegar no espaço sideral, até resgatar pessoas de helicóptero.

….e falando em resgate de inocentes, Choplifter!!!

Choplifter

…o original foi projetado por Dan Gorling e publicado pela Broderbund em 1982 para computadores Apple II e depois desbancou nos arcades fazendo um estrondoso sucesso em qualquer buteco por aí!

Mas esse era o começo. Existem versões que fizeram sucesso nos arcades lá fora, e aqui só fizeram sucesso na versão console, lembro bem de um grandioso jogo chamado Gradius III, conhece?

gradiusIII

gradiusIII

Gradius III para SNES era um jogo ultradinâmico e que se destacava pela trilha sonora contagiante e pelo nível de dificuldade. Além disso, foi desenvolvido pela Konami que não tinha muita pena de seus jogadores e oferecia um tradicional ‘desafio a mais’ no caso de você tentar terminar o jogo no nível hard.

O nivel hard da Konami na verdade poderia ser considerado como “insane” nos dias de hoje.

Um clássico também, com versões para MegaDrive, SNES e principalmente ARCADE era ThunderForce AC. Lembram dele?

ThunderForce AC pode ser considerado o jogo mais dinâmico e com uma das melhores trilhas sonoras de todos os jogos de antigamente. Foi um dos primeiros que envolviam várias munições que podiam ser alternadas durante as fases e com um nível de dificuldade impressionante!!!

Em tempos de hoje até temos uma versão em 3D lançada para PS2…. mas nada ao alcance dos anos 90 que foram grandiosos para o Video Game…