brutaldoomcover

Brutal DOOM é um mod que foi criado em 2010 por Sergeant_Mark_IV. Ele funciona com Doom, Doom Final, e Doom 2. Ele foi premiado pela  primeira vez em 2011 como o Mod de melhor Jogabilidade e um prêmio pela criatividade MOTY por Mod DB em 2012.
Embora considerado um mod gore (Leia-se ULTRA SANGRENTO), vai mais longe e altera a jogabilidade alterando muitos outros aspectos, como os sons, gráficos e de combate.
Um desses recursos é a maior dificuldade, tornando o comportamento dos inimigos mais imprevisível e perigoso (muitos ataques fazem o dobro de danos no jogador) e alterando os seus ataques e adiciona ao jogador novas habilidades.

Talvez a característica mais evidente e atraente de Doom Brutal é a adição de recursos como adicional de sangue (o sangue fica espalhado nas paredes e tetos, alémd dos próprios inimigos), a capacidade de explodir partes do corpo com armas fortes, como a espingarda, e da adição de efeitos especiais sobre projéteis e pick ups.

É compatível com ZDoom, GZDoom, Skulltag e Zandronum.

O que melhorou?

Aumento dramático da atmosfera deixando o jogo muito mais sombrio.
Manchas de sangue 3D permitem que todas as texturas possam ser cobertas de sangue, incluindo o piso e teto.
Uma interface mais dinâmica. Por exemplo, respingos de sangue na tela se o jogador mata.

Quando o jogador está gravemente ferido (30% de saúde ou inferior), a tela fica manchada com respingos de sangue minúsculas, e um som de gotejamento permite um ar mais realista de sua vida quase no fim.Doombrutal

Novas animações de morte para todos os inimigos. Partes do corpo podem ser destruídas por tiro normal  em vários locais do corpo do inimigo, cortado ao meio com a motosserra, derretida com a pistola de plasma, queimado em queimadura por fogo ou o inimigo virar fumaça quando atingidos pela eletricidade, e feitos em pedaços por explosivos, claro!
Cadáveres podem ser ainda mais mutilados após a morte.

Muitos inimigos possuem ataques novos.

Muitas das armas do jogo foram alteradas ou ajustadas de várias formas, tais como, tornando-se necessário recarregar ou pela adição de funções secundárias.

O berserk foi ampliado. Com ele, o jogador pode executar um  fatality ao melhor estilo Mortal Kombat bem como agarrar barris explosivos e jogá-los nos adversários.

Agora você pode dar um  headshot em todos os monstros, ou quase todos!
Não dá pra descrever tudo aqui porque as mudanças são absurdas. Então, o melhor é você jogar esse mod nostálgico e matar a saudade…

Acessem e confiram por vocês mesmos!  http://www.moddb.com/mods/brutal-doom

 

 

Long Play legal! dúvido que você tenha jogado isso até o final!

Difícil pacas!

 

Alone in the Dark é um jogo de computador produzido pela Infogrames em 1992, que trouxe ao mundo dos Games, um novo gênero, o de Survival horror. O jogo foi bem elaborado, com bom enredo, ótimos cenários, trilha sonora divertida (e assustadora) e muitas outras coisas. Para um jogo de 1992, os gráficos estão muito bons, já que a capacidade dos computadores nessa época era bem limitada. Alone in the Dark também teve uma versão lançada para o console 3DO, em 1994.

A história de Alone in the Dark começa quando Edward Carnby, um detetive de casos sobrenaturais, é contratado por Emily Hartwood para investigar a causa do suícidio de seu tio, Jeremy Hartwood, que foi encontrado morto no sotão de sua mansão, chamada de “Mansão Decerto”. Chegando na mansão, Carnby e Emily, viram que a morte de Jeremy, talvez, não fosse mesmo um mero suícidio.

Alone in the Dark marcou época, e é considerado o Pai dos jogos do gênero de Terror. Talvez seja graças a ele, que sucessos como Resident Evil e Silent Hill tenham existido.

O game fez tanto sucesso, que teve outras duas continuações, tão boas quanta o primeiro game, e mais tarde, uma quarta continuação, e também um filme baseado no jogo.

Fonte: Wikipedia

 

 

Road Rash!!!!!!!

Há anos vários jogos de corridas de motos surgem por aí.  De todos eles, o único que sinceramente temos na lembrança é ROAD RASH!!!

Enquanto outros apostavam na corrida de simulação, ou em circuitos de moto GP, Road Rash apostava em corridas clandestinas, porrada e muita velocidade. Depois de andar pelo terreno dos 16 bits, veio de frente mandando bem para PC e para os consoles de 32 bits!

No jogo, você é membro de uma gangue (ou algo parecido!) e tem de enfrentar diversas corridas em busca de grana para comprar novas motos e chegar cada vez mais longe.

Armas é o que não faltam no jogo! Desde porretes, tacos de baseball, e até mesmo correntes servem como arma para deitar todo mundo na porrada se colarem do seu lado!

Aliás, era lindo alguém passar do seu lado e tomar um belo de um chute fazendo o seu inimigo dar de cara com um carro na contra mão!

Road Rash foi um dos precursores do jogos em que a interatividade com o ambiente prevalecia. Você dava de cara com barreiras policiais, e se não calcular bem a passagem entre os carros da policia, era ralar no asfalto!

Arvores no caminho, carros na contra-mão! tudo podia te atrapalhar!

Não era só isso. Os videos eram também muito legais! Você era preso pela policia, sua moto quebrava e a ambulância vinha resgatar a moto, e ao invés de um beijo de prêmio, a mulher vinha te dar um murro bem no meio da cara!

Uma pena que hoje em dia, a série está completamente esquecida. Vamos torcer para que um dia volte com força total!

 

A abertura do jogo! Rock and Roll na veia com SoundGarden!

Se arriscando por aí!

Trilha do Game PAW:Jessie

 

 

Em meados de 1997 surgia a série de jogos que viria a revolucionar o o conceito RPG.

Antes o que se via eram jogadores sempre com suas cartas na mão, e agora, temos a possibilidade de vermos as habilitades dos personagens aumentando a cada nivel de jogo no PC!

Seu objetivo é basicamente acabar com o mal que está assombrando Tristam,podendo jogar com um guerreiro Paladino,uma arqueira,ou um mago.

Temos aqui 3 níveis de jogo para cada jogador: O guerreiro é muito bom no começo, mas ruim no final por não ser muito bom com magia, o mago é bem fraquinho no começo mas muito poderoso nos níveis finais de poder, e a Amazona é o meio termo da bagaça. Seria comparado a escolher o Cody no Final Fight 🙂

Nessa época de lançamento, a Blizzard já se destacava com seus famosíssimos ‘cinematics’ como podemos ver aqui na abertura do Game. Bons tempos!

Graficamente falando, o jogo era aterrorizante, visual e estilos góticos em torno do enredo que metia medo ao jogar durante a noite.MEDO!

 Além disso, a famosa trilha sonora ao som de um violão, faz a cabeça de muita gente até hoje.

Os monstrinhos rindo de você ao se esconder no escuro e ainda os golpes de espada esfolando a cabeça dos vilões é o que há de melhor!

O jogo fez história também na internet. No tempo em que todo mundo usava conexão discada  e o modem 56k era artigo de luxo,  não era raro de ver todos os seus amigos depois da meia noite  passando a madrugada jogando online por um pulso por conexão.

A Battle.net era o ponto de encontro em que esbarrar com um mago forte era sinônimo de ver todo o seu life indo embora se você estiver em um nível muito abaixo!